Pular para o conteúdo principal

Festa saudável colorida de um ano

Olá pessoal!

Tive o prazer de acompanhar um gatinho desde seus 4 meses de vida. A mãe dele, muito dedicada e amorosa, fez a introdução alimentar de uma forma adequada, tranquila, saudável. E ele cresceu assim, uma criança encantadora e sorridente!
Chegou portanto, o aniversário de um ano. Ela queria uma festa em que seu filho pudesse realmente comemorar. Que ele tivesse livre para provar a grande maioria dos alimentos de sua festinha. Conversamos sobre isso em consultas, e ela foi atrás.
E agora, me deu de presente a possibilidade de divulgar essas fotos, para inspirar outros pais por aí. Sim, é possível, sim, fica lindo, sim, todos adoram festas saudáveis!

Palitinhos de cenoura e pepino com mol. iogurte

Salada caprese, milho e foccacia 100% integral com alecrim

Wrap integral de frango, pasta de ricota, alface e cenoura

Hamburguinhos de cenoura e aveia (receita hamburguer saudável aqui)

Deliciosos palitinhos de fruta! Com eles, não tem erro!

Biscoitos de aveia e mel caseiros

A mesa do bolo! Bolo sem açúcar, recheio de abacaxi e cobertura de mousse de cacau com abacate. A receita está no link, mas sugiro trocar o mel por uva passa!

Pink Lemonade adoçada com beterraba! Delícia e linda de viver!

Pastel integral de massa com ervas frescas recheado de pastinhas de cenoura e de frango


Esse é o Guilherme, amando o milho na espiga!!!! 

Parabéns, pequeno príncipe! Uma vida de saúde, alegrias e muito amor o espera! Um beijo muito especial da sua nutri.


Beijos à todos

Comentários

  1. Linda festa! Mamãe que fez tudo?
    Gostaria de fazer uma festa assima para meu filho! Mas não sei se dou conta de fazer tudo.
    Obrigada pela inspiração.
    Bjs
    Gisele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu sou a mamãe!! Rsrsrs...Não fiz tudo não, na verdade não fiz nada, apenas tive as idéias. Quem fez tudo e fez muito bem foi uma empresa chamada A Moça da Torta, o e-mail é falecom@amocadatorta.com.br e a pessoa é MIRTES. Ela tem Instagram também: amocadatorta . O serviço e o atendimento são de primeira, e as coisas realmente ficaram muito gostosas. Não é fácil fazer tudo 100% integral mas o resultado surpreendeu a mim e a todos, ficou tudo delicioso. Teve coisa que não mandei foto, como por exemplo docinhos de frutas secas, empadinha de massa podre que desmanchava na boca, foi muito legal mesmo. Recomendo muito!!! Bjs

      Excluir
  2. Kaa. Parabéns pelo trabalho!
    Como faz a Pink Limonade? É facinho?

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela festa, tudo lindo! Decoração, receitas, aniversariante!
    Sabemos q não é fácil!!! Mas vale a pena!

    ResponderExcluir
  4. Ká!!! Como te agradecer?? Sua ajuda tem sido FUNDAMENTAL pra nós nesse processo todo!! Você nos passa segurança, tranquilidade, dicas valiosas, e eu tenho aprendido muito!!! Chegamos ao final dessa etapa, agora uma nova se inicia e queremos vc conosco!!! Muito muito obrigada por tudo!!! Bjos meus e do Guigui

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! Tenho uma pitoca de 8 meses e estou desde já (na verdade, desde há vários meses) pensando nisso mesmo, em como fazer uma festinha de acordo com a alimentação dela. Obrigada pelas ideias!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá, (gostaria muito que respondesse a essa pergunta) bom, sou uma garota de 13 anos, peso 49kg e tenho 1,62m, meus pais falam que estou muito magra devido a dieta radical que fiz para perder peso mas não acho isso, então eles me obrigam a comer muito contra a minha vontade, enfim, gostaria que você desse sua opinião sobre isso (suas sugestões) e a outra pergunta é :Meus pais me obrigaram a comer três fatias de pizza sendo que uma não era tão grande, nunca fiz isso, mas enfim, se eu fiz isso em um dia eu engordo? Ou não vai alterar nada? Por favor me responda o mais cedo possível, obrigada ��

    ResponderExcluir
  7. achei seu site agora e estou adorando cada post! obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Muito boa a ideia! E uma maravilha compartilhar. Tenho uma amiga que gostaria de fazer a festinha do filho só com comidas saudáveis, e me pediu dicas; já passei o link pra ela! :D

    ResponderExcluir
  9. Tudo perfeito!!!... nova por aqui e estou amando...quando puder me faça uma visitinha também....www.gisellemaisfeliz.blogspot.com.br....

    ResponderExcluir
  10. Olá karine. Tenho uma filha de 1 ano e 2 meses. Ela nasceu com quase 4 kg e 52 cm. Os dentes começaram a sair com 3 meses e aí começou ficar mais difícil a alimentação. As mamadeiras passaram a ser rejeitadas antes de terminar. Ela sempre foi uma criança fortinha e grande. Com 9 meses achavam q ela tinha 1 ano. Mas em dezembro ela teve uma otite e estreptococos, segundo o pediatra. Foi de dezembro a janeiro com dias em q não queria comer nem beber. O peito tb era rejeitado as vezes. Conclusão, ela emagreceu muito e hj está com o peso de 9 meses. O q mão me preocupa é que tb teve um crescimento muito lento. Ela q tinha uma curva bem regular, esse mês está 2 cm maior q com 9 meses. Agora está com o molar e o canino crescendo ao mesmo tempo. A gengiva está enorme e novamente não está comendo. Ela é muito ruim de comer. Não gosta de fruta, é raro tomar suco e comer é um suplício. Ofereço leite qdo não come, o ninho 1+. As vezes misturo aveia, farinha láctea, mucilon... tento de tudo p ela comer. Iogurte, tb não bebe mais. Ela come bem uns 2 dias e depois fica semanas comendo mal. Um detalhe, ultimamente ela começa comendo como se tivesse fome e de repente não quer mais e fica "arranhando" a língua. Me ajuda. Estou tão desanimada. ..


    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! A nutri adora conversar!

Pots mais lidos

Iogurte na alimentação das crianças

Bom dia pessoal!
Vou seguir uma indicação de uma leitora querida, Alethéia, e escrever sobre iogurte na alimentação das nossas crianças.
Eu sou superfã deste alimento! Rico em Cálcio (sempre estimulo consumo de alimentos ricos  neste micronutriente pois nossa população está bem carente....), tem a lactose (açúcar do leite) fermentada e por isso é de fácil digestão, rico em probióticos, as tais bactérias benéficas que equilibram nossa flora intestinal, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal, entre outros benefícios.  O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, isso é, com 6 a 7 meses aproximadamente. Com algumas ressalvas e detalhes.
Detalhe número 1: O iogurte para dar para o bebê, necessariamente tem que ser natural e sem açúcar. Os petit suisses vendidos no mercados contém corantes, aromatizantes e conservantes, substâncias estranhas ao nosso organismo (nós nutricionistas chamamos estas substâncias de xenobiótic…

Sem açúcar, com afeto ou porque não dar açúcar ao bebê!

Sempre me perguntam, por quê não dar açúcar ao bebê? Ou então: posso dar açúcar orgânico, mascavo, produto adoçante?


O seguinte: a resposta inicial, todo mundo já sabe. Açúcar branco é caloria vazia, logo, não faz bem pra ninguém, dieteticamente falando. Essa caloria vazia pode ser traduzida em excesso de peso lá na frente - uma das doenças de mais difícil tratamento: a obesidade.
Mas tem um motivo mais profundo aí. Que eu vou explicar agora.
A necessidade de comer açúcar (alimentos doces) é do adulto. O bebê está provando tudo. Ele não sabe, por exemplo, que o suco de maracujá tem que ser adoçado. Sério. Ele vai aprender o que você mostrar a ele. Ele não sabe que a banana pode ficar melhor com açúcar. Ou não. A necessidade é nossa, não do bebê.
Só que, por natureza, o bebê já vem gostando de doce de fábrica. Ofereça açúcar, iogurte adoçado, chocolate, pirulito e geralmente você verá um bebê que vai comer e se lambuzar. A lactose do leite materno é levemente adocicada.
Por isso, não é um dos…

Alimentação para maiores de 1 ano!

Eba! Chegou o tão esperado aniversário de 1 ano do bebê. Depois da correria da festa, voltamos ao dia-a-dia do bebê. Com uma nova dúvida. E a alimentação? Aí, passamos no pediatra, e ele indica: agora mãe, ele deve comer a alimentação família. A mãe comemora (ou não). Não precisa mais fazer papinhas... Aí eu entro: alimentação da família? Tenho medo dessa frase... prefiro dizer que agora a família vai comer a alimentação do bebê com a textura adaptada! Sabe porquê? Como é a alimentação dos adultos em casa? Você, mãe zelosa, vinha fazendo a alimentação perfeitinha, com todos os grupos alimentares e tal...como passou do primeiro ano, só arroz, feijão e carne é suficiente? Calma! Nada contra o arroz e o feijão, pelo contrário. Dupla fantástica, garante um prato quase completo. Lembra desse post? Quase completo por que o legume e/ou a verdurinha precisa acompanhar o prato. Como faziam na época da papinha. Portanto, a alimentação continuará com todos os grupos alimentares... fonte de carboidra…